5 Dezembro 2018

Sobrevivência 2007-08

SOBREVIVÊNCIA GLOBAL 2007/2008

Esta publicação insere-se no trabalho de divulgação de informação epidemiológica e estatística da responsabilidade do RORENO (Registo Oncológico Regional do Norte), dando continuidade à publicação de dados de sobrevivência de doentes oncológicos da Região Norte. Foram considerados na análise apresentada, todos os doentes com idade igual ou superior a 15 anos, diagnosticados com tumores malignos no período 2007 a 2008 e residentes à data de diagnóstico, na área de influência do RORENO.

Esta análise abrangeu um total de 27 386 doentes. A sobrevivência “net” aos 5 anos foi de 60,9%, sendo de 55,6% nos homens e 67,4% nas mulheres. Por grupo etário, as mulheres tiveram pior sobrevivência nas idades mais avançadas (75+). As sobrevivências nos homens foram menos favoráveis no grupo etário 45-54 e 75+.

Nos homens, observaram-se sobrevivências aos 5 anos superiores a 80% nos tumores malignos da glândula tiroideia, testículo, próstata e lábio. No outro extremo, com uma sobrevivência aos 5 anos inferior a 20%, surgem os cancros da vesícula e tracto biliar, hipofaringe, pulmão, fígado, esófago e pâncreas. Nas mulheres, os tumores com melhor sobrevivência foram os da glândula tiroideia, doença de Hodgkin, mama e lábio. Por outro lado, os menos favoráveis foram os tumores do pulmão, pâncreas e fígado.

Comparativamente ao período anteriormente analisado (2005/2006), apesar de algumas variações nas sobrevivências entre os dois períodos, apenas se verificaram diferenças com significado estatístico para os tumores da laringe, pulmão e mama e, em todos estes casos, foram de melhoria de sobrevivência.